Terça-feira, 31 de Maio de 2005

Não fui que disse (mas podia ser)

Aqui esta uma compilação interessante aquando da nossa presença dos jogos paralimpicos alguns dos textos são deveras pertinentes e humm. E não fui eu que escrevi mas podia bem ser, ou pensam que somos parvos. Bom aqui vai:

Mistérios misteriosamente inexplicáveis parte I
O primeiro mistério misteriosamente inexplicável é a discriminação negativa de que são alvo os atletas supostamente deficientes em relação supostamente saudáveis.
Discriminção negativa por que os mesmos atletas supostamente saudáveis recebem bolsas princepescas quando comparadas as bolsas recebidas pelos atletas supostamente deficientes embora os atletas supostamente suadáveis façam na sua grande maioria exibições deficientes quando comparadas com as exibições dos atletas supostamente deficientes que fazem exibições muito longe do que se poderá considerar exbição deficiente. Prestações deficientes como aquelas dadas por Carla Sacramento nos 1500 metros ou Fernanda Ribeiro nos 10000 metros onde a primeira chegou a um ponto que parecia não estar ali e a segunda desistiu a sete voltas do fim apesarem de terem recebido as maiores bolsas da delegação portuguesa para patriciparem nos jogos da 28ª olimpíada. Mas se não se sentima em condições ou sentima que a sua capacidade não era a ideal para representar Portugal no maior acontecimento desportivo do mundo mais valia não ter seguido viagem ou simplesmnte nem terem partidio na final por que exibições como estas se dispensam e mostram como o sistema de "scores" mínimos é um embuste dado que apesar desses atletas terem antigido estes mínimos fazem uma exibição abaixo do mínimo com honrosas excepçoes como o caso dos três medalhados (Francis Obikwelu, Sérgio Paulino e Rui Silva) ou dos atletas que ficaram acima do 8º lugar que felizmente foram bastantes mas não o suficiente para fazerem melhor que os atletas supostamente deficientes que cada vez que vão representar Portugal nos jogos Paraolimpicos onde so entram atletas supostamente deficientes ganham sempre bastantes medalhas e honram a bandeira e o país que acredita neles ao contrario da maioria dos atletas supostamente saudáveis que foram a Atenas para passear em vez de honraem o país e o povo que acredita neles. Mas mesmo assim os atletas supostamente deficientes recebem bolsas cada vez menores apesar de representarem melhor Portugal nos jogos paraolímpicos, ao contrario da maioria dos supostamente saudáveis se portam cada vez pior ( com excepções) e recebem cada vez mais.
Outro mistério inexplicável e que quando mais medalhas um atleta supostamente deficiente ganhar menos recebe tornando frustrantes os esforços feito pelos atletas supostamente defeicientes para representarem a sua pátria enquanto os atletas supostamente saudáveis recebem cada vez mais dinheiro por exibiçoes cada vez mais deficientes havendo felizmente algumas excepções mas que deveriam de ser mais por que Portugal não é para ser humilhado como foi pela seleção olímpica de futebol ou pelas paupérrimas prestações do sector femenino no atletismo mas sim para ser elogiado como é nos jogos paraolímipcos o como foi no grandioso e mítico euro 2004.
Questiono os leitores e em especial os chefes do desporto em Portuugal :
Por que (com honrosas excpeções) os atletas supostamente saudáveis recebem cada vez maiores bolsas apesar de se portarem cda vez pior ?
Por que os atletas supostamnte deficientes se portam cada vez melhor mas cada vez recebem bolsas menores?

Como sempre vos peço para comentar, ler e divulgar

in http://reporter007.blogs.sapo.pt/arquivo/2004_08.html

-------------------------------------------------------------------------------------------------------

Atletas Paralímpicos, verdadeiros exemplos!
Li algures, que o nível de desenvolvimento de uma sociedade, também se mede pelo modo como são tratados os membros mais desfavorecidos. Infelizmente, a existir tal indicador entre nós, ele deveria reflectir um péssimo resultado que nos deixaria a todos bastante envergonhados!

Por isso estes nossos concidadãos, consubstanciam seguramente o que de melhor temos por cá! Superar limitações importantes e conseguir ainda representar o seu País num evento cada vez mais importante, deveria fazer-nos refectir, principalmente a quem tem responsabilidades directas por transformar a nossa sociedade, adaptando-a às suas limitações!

O Poder Político, mais uma vez, há-de aparecer nas alturas que mais lhe convém, como já o fez antes da partida para os Jogos e como fará no regresso, é pena que ninguém tenha perguntado ao Primeiro Ministro se por acaso tinha alguma coisa a dizer, a propósito da falta de efectivação de medidas legais, relativas a alterações físicas em edificios públicos para facilitar o acesso a pessoas portadoras de deficiências!

Servirão certamente como exemplo a um grupo de miúdos mal comportados, mas alguns deles princepescamente bem pagos, que nos representaram de forma VERGONHOSA, nas últimas olímpiadas!

Força e as medalhas são o que menos importa, para mim são já CAMPEÕES e verdadeiros HERÓIS!


P.S. - não será de, no proximo 10 de Junho de 2005, condecorar estes atletas todos, é que eles merecem!!!! Merecem mais do que um tal de Guterres, que foi condecorado ( por serviços prestados à Nação no desempenho de altas funções) quando deveria era responder por gestão danosa do País, em outras sedes que não meramente no plano político!.

Posted by lion_a at setembro 18, 2004 02:59 PM

in http://estoufarto.blogs.sapo.pt/arquivo/299942.html

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

ORGULHO
[ 2004-10-08 12:47 ] Por: carlos marcelino
Hoje sinto-me mais honrado e orgulhoso de ser Português, pois após o jogos olimpicos de atenas aparecem voces atletas paralimpicos a devolver-nos o orgulho.OBRIGADO

Um abraço e um obrigado para os Paralimpicos
[ 2004-09-30 16:31 ] Por: João Pereira
Antes de mais nada queria mandar um grande abraço a todos os atletas paralimpicos.
Queria tb agradeçer o facto de estes atletas orgulharem Portugal e os portugueses.
Uma critica aos orgãos de comunicação social que ñ acompanharam com o devido destaque os Paralimpicos e deram destaque a atletas olímpicos que mancham o nome de Portugal (como foi o caso do Futebol).
Vivam os Paralimpicos e q tenham tudo de bom pois eles mereçem!!

Super-Desporto!
[ 2004-09-25 13:29 ] Por: Jorge Merino
È pena hoje em dia não se dar o verdadeiro valor a estas pessoas!
Aquilo que elas fazem não é desporto, é um super-desporto... da minha parte, um grande abraço e beijinho de reconhecimento por td o esforço que exige praticar desporto sob estas condiçoes mas sem nunca desistir!
vcs são a verdadeira honra e bandeira do DESPORTO.
obrigado..:)

in http://www.maisfutebol.iol.pt/noticia.php?div_id=1477&ler_comentario=1&id=447225

------------------------------------------------------------------------------------------------------

O Triste Fadário do Deficiente em Portugal

Ainda não repeti suficientemente aquilo que bastas vezes tenho declarado, a quem quiser saber como se vive no terceiro mundo bastará perguntar a um cidadão Português portador de deficiência, o ouvinte terá ao seu dispor em primeira-mão o relato total do absurdo, incúria, atropelo aos, mais elementares direitos e estupidez pura que pairam sobre os deficientes em Portugal.
Em 1997 uma Lei do Estado Português obrigava a que fossem gradualmente eliminadas as barreiras arquitectónicas que dificultam a circulação do cidadão portador de deficiência Estamos em 2004 e o que se fez nada ou muito pouco como se viu recentemente quando na residência oficial do Primeiro-ministro os atletas Paralímpicos sentiram as agruras das barreiras arquitectónicas, senhores isto é vergonhoso.
A lei que rege a deficiência é uma treta, além disso vive muito do compadrio e da corrupção como tudo nesta terra de indigentes cerebrais, se conhecer a junta médica consegue mais uns pontitos para o grau de deficiência, se não conhece ninguém aplica-se a Lei draconiana à qual não se foge um milímetro, para quando uma Lei semelhante à de países mais desenvolvidos como Espanha, França, Alemanha, quem sabe talvez nunca.
Depois as pensões atribuídas por este Estado aos deficientes são um insulto a que muitos têm de se sujeitar pois é o único provento que infelizmente lhes garante uma sobrevivência quantas vezes, amargurada e solitária, veja-se o caso do casal de Olhão forçado ao divórcio para poder subsistir e para que o homem que é deficiente possa continuar a receber pensão de invalidez, absurdo, triste e vergonhoso, ainda para mais com um governo tão preocupado com a família.
Por todo lado se encontram serviços públicos sem rampas de acesso, Multibanco só para quem é “normal”, passeios altos e cheios de carros estacionados, toda a espécie de engulhos a entulhar as ruas e a dificultar não só os deficientes mas os carrinhos de criança, os idosos, um nunca mais acabar de estultice, uma parvoeira completa.
Ser deficiente em Portugal é ter vergonha de um país que atraiçoa e despreza quem teve o azar de nascer diferente, é ter vergonha de concidadãos que a cada passo desrespeitam e esquecem quer os outros os que são diferentes merecem viver, como uma instituição famosa que conheço que quando a Televisão lá comemorou o dia do deficiente mandou os deficientes mais profundos passear com as auxiliares para o jardim, talvez para não chocar os senhores ministros. Isto é vergonhoso senão triste, tal como a inclusão que é só uma fachada para encher os bolsos de dinheiro com projectos mirabolantes.
Ser deficiente em Portugal é ter vergonha de o ser, não deficiente mas de Portugal.


Um abraço deste vosso amigo
Barão da Tróia

in http://baraodatroia.blogs.sapo.pt/arquivo/2004_09.html
publicado por vitorinonuno1 às 18:10
link do post | comentar | favorito

.CONTACTOS PARA DIVULGAÇÂO DO MOVIMENTO PARALIMPICO:

MARIA LANITA 932379956 ------------------------- E-MAIL: marketing@fpdd.org

.pesquisar

 

.posts recentes

. Encerramento do BLOG

. 3º CAMPO DE TREINO ANDDEM...

. Atletas melhoram mínimos ...

. CAMPEONATO NACIONAL DE IN...

. Resultados do Campeonato ...

. CAMPEONATO NACIONAL DE IN...

. ...

. CAMPEONATO NACIONAL DE IN...

. DSE Open Championships - ...

. Resultados do OPEN'07

.arquivos

.links

blogs SAPO